7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

Tempo de leitura: 26 minutos

Quais são as 7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano?

Você já deve ter feito essa pergunta e mais de uma vez, certo?

Pois este post vai responder esta pergunta e mais do que isso.

Nós vamos mostrar aonde você vai encontrá-las!

A primeira coisa que você precisa saber é que a lista abaixo não é nem um ranking e sim uma seleção das melhores!

Isso mesmo, o suprassumo de uma lista de Cachaças que provamos em 2019.

As 7 Cachaças são:

Bônus

👉Todas as Cachaças da lista podem ser compradas na Cachaçaria Trilha Real

Conheça agora cada uma das 7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

#MIDDAS CACHAÇA RESERVA DOS PROPRIETÁRIOS

Middas Cachaça Reserva dos Proprietários – Entre as 7 melhores cachaças para
beber nas festas de fim de ano.

O que seria para você uma boa experiência com Cachaça nas festas de fim de ano?

Vou te ajudar a responder: imagine sua mesa rodeada dos seus melhores amigos e você podendo dar a eles uma dose de Cachaça com flocos de ouro.

Mas não uma Cachaça qualquer.

Estamos falando da Middas Reserva dos Proprietários com flocos de ouro de verdade.

Sim, o ouro é consumido desde os tempos mais remotos, por reis e rainhas, que acreditavam no poder do metal para conferir poder, saúde e sabedoria.

A mitologia inspirou a Middas e a Reserva dos Proprietários se encarregou de te colocar nesta aventura sensorial.

Middas Cachaça Reserva dos Proprietários na lista das
melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

Cada gota da Middas Reserva dos Proprietários – BLEND 3 é um convite para uma odisséia que desperta todos os sentidos.

Rara e preciosa, esta cachaça é um produto do domínio do homem ao longo do tempo. Uma gama incomparável de aromas dá a Middas Reserva do Proprietário sua complexidade única.

É a descoberta interminável de uma cachaça rara envelhecida em quatro tipos de barris de primeiro uso por 3 anos: Carvalho Francês, Carvalho Americano, Jequitibá Rosa e Amburana.

Sua bela cor dourada, profunda e quente, anuncia sua força inegável. Seu aroma enche o nariz com delicadas nuances de flores, especiarias misturadas e canela.

O poder e profundidade do aroma é ecoado na boca, onde as especiarias, coco, caramelo e baunilha desempenham um papel fundamental de apoio.

Então a estrutura toma forma: notas de chocolate se juntam com nozes e frutas cristalizadas.

Se provado puro, no gelo ou com um pouco de água, esta cachaça artesanal de apenas 1.000 unidades numeradas e assinada por Leandro Dias e João Almeida, oferece uma experiência inigualável que deixa uma impressão duradoura. Um eco infinito!

Middas Cachaça Reserva dos Proprietários – Sabor e requinte


Em cada gole da Middas Reserva do Proprietário, um novo lugar é descoberto, uma sensação distinta e uma extraordinária história compartilhada.

Não espere para experimentar a grandeza de sua Middas Cachaça Reserva dos Proprietários.

Todas as Middas vem com um frasco com flocos de ouro 23k importado da Alemanha, o que deixa a Middas Reserva ainda mais especial, pois você poderá fazer o seu toque de ouro e tornar sua experiência sensorial, algo único e inesquecível.

Quer impressionar a si mesmo e aos seus melhores amigos? então clique agora neste link e dê o próximo passo!

#CACHAÇA ESTÂNCIA MORETTI
Cachaça Estância Moretti – Do sonho ao copo

Luiz Carlos Moretti tinha um sonho.

Queria um dia ter com o seu nome uma Grande Cachaça, de qualidade superior, com garrafas diferentes, rolhas e rótulos especiais.

Queria um dia ter com o seu nome uma Grande Cachaça, de qualidade superior, com garrafas diferentes, rolhas e rótulos especiais.

O sonho começou em 2011, mas foi em 2019 que o plano saiu do papel e se transformou exatamente naquilo que ele havia projetado.

Cachaça Estância Moretti, de garrafa elegante, está entre as melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano.

Mas o melhor acontece quando o apreciador retira do gargalo a tampa de rolha, que também estava no sonho do empresário.

Luiz Carlos Moretti disponibiliza as versões prata, a versão em Imburana (isso mesmo, em algumas regiões podemos chama-la de imburana 😉).

Mas a estrela da companhia é a Estância Moretti Extra-Premium, um blend de Cachaças envelhecidas em barris de carvalho europeu e americano.

Eu reuni técnicos especializados para seleção de barris, com características sensoriais que agradassem tanto ao público especializado quanto o consumidor final. Durante a seleção participaram também amigos, futuros compradores e apreciadores do destilado nacional. Foi uma festa de degustação”

Luiz Carlos Moretti – Produtor da Cachaça Estância Moretti

O resultado do encontro foi uma Cachaça de aspecto visual excelente, cristalino, com as “lágrimas” escorrendo no tempo correto.

Na boca, uma Cachaça leve, de baixíssima acidez, com um interessante amargor no final, um retrogosto amadeirado bem marcante, persistente e com mostras de Cachaça bem produzida, desde o campo até a mesa do apreciador.

Cachaça Estância Moretti – Na lista das melhores de 2019

E você? Ficou com vontade de viver esta experiência?

Então clique AGORA neste link 👉www.casadabebida.com.br
adquira a sua Cachaça Estância Moretti e divirta-se.

#CACHAÇA CATARINA

Cachaça Catarina – Medalha de ouro para a versão Jequitibá

Andre Fioravanti se apaixonou pela Cachaça em uma visita à Expocachaça, a maior vitrine mundial do destilado brasileiro.

Depois de 10 anos trabalhando como funcionário público em São Paulo, André procurava algo para mudar o estilo de vida.

E ele encontrou na Cachaça, própria história e no legado da família a junção perfeita.

Em 2005 fez vários cursos de produção, especialização em envelhecimento de Cachaça.

Catarina na lista das melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

E depois de receber dicas e acompanhamentos dos maiores especialistas, finalmente implantou seu alambique na Fazenda Santa Catarina em Dracena, no interior de São Paulo.

O nome da Fazenda aliás, é inspirado em Caterina, a matriarca da família, a mulher que deixou a Itália ao lado de Ernesto Fioravanti, para dar início ao que hoje se transformou a propriedade.

André tem orgulho deste legado e faz jus a cada linha de história escrita pelos antepassados.

Foi exatamente deste orgulho que nasceu a Catarina, uma das Cachaças mais premiadas do Brasil.

Feita em alambique de cobre, a Cachaça utiliza apenas a fração mais nobre da bebida, ou seja, a parte do coração.

A Catarina descansa em dornas de inox antes de ir para a maturação em barris de madeira.

E são madeiras nobres, como amendoim do campo, jequitibá rosa, Cabreúva, carvalho francês e carvalho americano, ambos de primeiro uso.

E o destaque que André Fioravanti preparou para este fim de ano vem de um destes barris especiais: Catarina Única Single Barrel.

Queríamos uma cachaça mais próxima possível do que seria um destilado SINGLE BARREL, tirando obviamente a diferença entre os destilados, milho, centeio e cevada contra a cana de açúcar, o mandatório seria como armazenar e envelhecer a cachaça, o que é também uma arte, além da destilação.”

André Fioravanti – Proprietário da Cachaça Catarina

E o empresário investiu firme na ação.

Visitou as maiores destilarias do mundo, em busca de referências, até chegar em sua Catarina Única – Single Barrel.

Ou seja, uma cachaça sem blend, retirada de um único barril e o resultado agradou em cheio aos juízes do Concurrso Mundial de Bruxelas.

A Catarina foi medalha de ouro em sua primeira prova junto aos juízes e não é para menos, a Cachaça traz o casamento de visual extremamente sedutor com notas de baunilha, chocolate e amêndoa.

Na boca, quase nada de acidez e notas marcantes de coco, com retrogosto intenso e amadeirado.

Catarina Única – retrogosto intenso e amadeirado

Gostou?

Então, entre na loja deles AGORA e leve esta experiência para sua casa:

👉www.cachacacatarina.com.br

# CACHAÇA VALE DO RIACHÃO

Vale do Riachão – Resgate da história cachaceira do Maranhão

Se você está procurando uma boa Cachaça armazenada em tonéis de Jequitibá para suas festas de fim de ano, eu tenho uma excelente notícia:

A sua busca terminou.

Você vai levar para sua mesa, para apreciar na companhia de amigos e familiares a Vale do Riachão.

Para nós do Brasil no Copo, uma das grandes surpresas da Expocachaça 2019 e por isso, resolvemos compartilhar com você esta agradável experiência sensorial.

Mas antes de falar dela, é preciso que você conheça um pouco da história da Vale do Riachão, a cachaça mais notável da região de Sucupira do Riachão, no estado do Maranhão.

Para ser mais exato, no sítio Vertentes, na zona rural de Sucupira do Riachão.

Mas esse título não nasceu da noite para o dia.

A Vale do Riachão foi criada no ano de 2009 e deu continuidade a história de uma região que tem na Cachaça um dos principais pilares de sua construção cultural, econômica e social.

No período colonial o Maranhão foi grande produtor da cana-de-açúcar, mas esta cultura acabou ficando de lado, sendo retomada com força total no início do século XXI.

Va Vale do Riachão, pelas mãos de Erivam Holanda, surge neste contexto, como reativador da cultura do destilado nacional no estado.

E Erivan caprichou. Reuniu o que tem de melhor em tecnologia de produção de Cachaça e juntou com a tradição de consumir o melhor da aguardente brasileira.

Vale do Riachão está entre as 7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano

O resultado são rótulos que chegam à mesa do consumidor com Cachaças envelhecidas cuidadosamente em tonéis das madeiras Carvalho americano, Amburana e Jequitibá.

O Brasil no Copo analisou a versão Jequitibá e a começar pela garrafa, passando pelo bom gosto do rótulo o que se tem é uma agradável experiência visual.

No aroma a delicadeza de seus 40% de volume alcoólico é suavemente percebida pelas notas de mel de laranjeira e toques cítricos, que convidam o apreciador a uma caipirinha pra lá de especial.

Na boca, outro casamento perfeito entre força e maciez, confere uma Cachaça extremamente equilibrada, para se tomar pura ou fazer companhia a uma boa porção de camarão como prato de entrada.

Se a escolha for o drink, faça uma boa caipirinha, com uma dosagem menor de açúcar e deixe as notas cítricas desta cachaça brincar com seu paladar.

Se a escolha for o drink, faça uma boa caipirinha, com uma dosagem menor de açúcar e deixe as notas cítricas desta cachaça brincar com seu paladar.

No retrogosto lá está ela: sua majestade a cana-de-açúcar, de presença persistente e duradoura.

A Vale do Riachão preenche todos os requisitos para estar entre as melhores Cachaças que você vai tomar nas festas deste final de ano.

Vale do Riachão Carvalho Americano – especiaria

Quer saber onde encontrar?

Então entre AGORA neste link:
👉 www.savanacachacas.com.br

Adquira a sua e bora esperar por um 2020 tão robusto quanto ela e tão tranquilo quanto você vai ficar ao passar pela experiência de provar a Vale do Riachão.

# CACHAÇA BRASILCHIK

Brasilchik – Cachaça lançada já com medalha de ouro

Existem várias maneiras de você iniciar uma marca de Cachaça.

Os empresários Gilberto Krasilchik  e Marcelo Tim Pimentel começaram da melhor maneira possível: colocando seu rótulo no topo!

Isso mesmo!

A história da Brasilchik já começa com o parecer positivo de juízes internacionais acostumados a provarem bebidas destiladas produzidas nos quatro cantos do mundo.

Antes de mesmo de apresentar a Cachaça ao mercado, os empresários mandaram a Brasilchik para o Spirit Selection, o Concurso Mundial de Bruxelas (internacional), este ano realizado na China.

A Cachaça branca, apenas descansada em dornas de aço inoxidável, ganhou a medalha de ouro.

A comenda máxima abre porta para todas as outras Cachaças que temos em nosso mix, pois como todos sabem, se a Cachaça branca for boa, todas as outras tendem a acompanhar e ainda vão melhorar bastante com o envelhecimento”

Gilberto Krasilchik – Sócio-proprietário da Cachaça Brasilchik

Giba, como é conhecido no meio da Cachaça se refere às versões envelhecidas em tonéis de amburana e Carvalho, todos de primeira linha.

A dupla tem ainda um rótulo misto, composto de Cachaça e mel, que é sucesso absoluto, principalmente entre o público mais jovem.

Brasilchik estreia com medalha e já está na lista das melhores cachaças para beber nas festas de final de ano.

A ideia de produzir cachaça de dois amigos, Gilberto Krasilchik, médico oftalmologista e Marcelo Tim Pimentel, empresário da noite, veio de uma época em que o pai do Marcelo fazia cachaça na fazenda da família e vendia de galão na estrada (anos 80).

A curiosidade sobre o assunto, fez com que eles fizessem vários cursos pelo Brasil.

O cuidado com a produção resultou em uma Cachaça Leve, de aroma frutado, com notas florais e defumadas, com toque de mel, além de um cítrico surpreendente e agradável.

O trabalho da dupla de empresários resultou em uma bebida que agradou em cheio aos paladares mais exigentes do mundo da bebida adulta.

Cachaça Brasilchik – Excelente para consumir pura ou no drink, como a Caipirinha

E agora também pode ser apreciada por você.

Isso mesmo, entre AGORA MESMO neste link:
👉 brasilchik.mercadoshops.com.br

Tanto a Cachaça branca, quanto os demais rótulos da Brasilchick estão a disposição de suas festas!

# CACHAÇA SANTA TEREZINHA

Cachaça Santa Terezinha – kit para presentear o bom apreciador

Um gosto suave, um cheirinho macio de cana que desce redondinho pela garganta, enxugando o caminho sem deixar gosto amargo na boca.

Assim é a Cachaça Santa Terezinha.

E sabe desde quando é assim? Desde 1943, quando seu Antônio Menegatti criou o rótulo na região do Vale do Canaã, no interior do Espírito Santo.

De lá para cá, a sociedade mudou, o comportamento mudou, mas não a tradição de tomar a Cachaça lentamente, sem esquecer a parte do santo.

Nós poderíamos ficar aqui por algumas horas tentando desvendar os segredos da verdadeira festa sensorial abrigada em uma garrafa delicada, com o cuidado da tampa de cortiça.

Para ajudar a guardar o segredo até a abertura da tampa, antes de mais nada o apreciador delicia os olhos com o bom gosto do rótulo desenhado pelo artista plástico capixaba Hélio Coelho.

Quando alguém bebe a Cachaça Santa Terezinha logo sente a diferença. Ela tem um sabor mágico. É quente. Tem um gosto especial. Mas isso é muito fácil de explicar: usamos a mesma receita”

Adwalter Menegatti – Proprietário da Cachaça Santa Terezinha.

Adwalter faz questão de frisar o uso da fermentação natural, em alguns lugares do Brasil chamada de caipira ou espontânea.

Conheça os segredos que colocam a Santa Terezinha na lista das 7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano.

Neste processo mistura-se num tanque uma parte de caldo de cana ao natural, com uma parte igual de caldo fervido, acrescentando-se uma braçada de bagaço tostado e um punhado de fubá de milho.

Para conseguir a temperatura correta, esquenta-se uma pedra de bom tamanho e joga-se dentro da mistura.

Durante essa geração, recomenda-se queimar folhas de tangerina ou laranja, numa fogueira vizinha, depois de quatro ou cinco dias, temos o fermento já pronto para ser distribuído nos grandes tanques de garapa.

Depois disso a fermentação ocorre lenta e pacientemente até que o caldo esteja pronto para se transformar em cada garrafa da Santa Terezinha que chega à mesa do consumidor.

Claro, a versão prata, que não se matura em tonéis de madeira, apenas descansa em dornas de aço inoxidável chega na frente.

E para os que preferem uma amarelinha, nada de sair do alambique ou de qualquer ponto de venda no Brasil, sem provar as verdadeiras iguarias envelhecidas em três tipos de madeira.

São elas: Jequitibá Rosa, Amburana e Castanha do Brasil, cada uma com suas notas peculiares prontas para serem descobertas pelo mais exigente dos apreciadores.

E são Cachaças que já passaram pelo crivo de juízes de concursos no Brasil e no exterior.

Entre as principais premiações, a Santa Terezinha já foi considerada a Melhor Cachaça do Brasil em concurso recente realizado pela revista Prazeres da Mesa.

Foi medalha de ouro no World Spirit – 2009 e mais recentemente chegou aos incríveis 95 pontos no International Taste & Quality Institute Brussels, o que lhe rendeu a merecidíssima medalha de Ouro.

Cachaça Santa Terezinha – uma verdadeira experiência sensorial

E para dar ao seu consumidor, a mesma experiência testada e aprovada pelos especialistas, a Santa Terezinha preparou para as festas de fim de ano um kit com quatro Cachaças para suas festas de fim de ano!

Entre AGORA neste link e garanta já o seu
👉 www.cachacasantaterezinha.com.br

#CACHAÇA GUARACIABA

Cachaça Guaracia premium – 4 medalhas de ouro consecutivas no Mundial de Bruxelas

É ouro!

Na Fazenda Independência, na zona rural de Guaraciaba, em Minas Gerais, já se perdeu as contas de quantas vezes esta palavra foi gritada, a cada vez que termina a apuração de um concurso.

Seja ele local, nacional ou até mesmo internacional.

Sim, a Cachaça Guaraciaba é colecionadora de medalhas e certificados e sim, isso significa que a bebida produzida na fazenda é muito chancelada e referendada pelos paladares mais apurados do Brasil e do mundo.

Inclusive nós do Blog Brasil no Copo lançamos um desafio.

Procure uma Cachaça que tenha conseguido a façanha de abocanhar a medalha de ouro em quatro anos de Concurso Mundial de Bruxelas.

Dica: se a sua busca for no Google, só vai aparecer a Guaraciaba Premium, uma Cachaça de 39% de volume alcoólico que agrada pela suavidade, aromas e sabores da boa Cachaça envelhecida em tonéis de amburana.

Veja porque a Guaraciaba está na lista das 7 melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano.

E tanta comenda só pode encher de orgulho o empresário José Santana Junior, filho de seu Zé Santana, o homem que nos anos 1960 construiu no braço a história de sucesso que hoje apreciamos em cada gole da Guaraciaba.

Seja ela apenas descansada em dornas de inox, ou maturada em tonéis das madeiras jequitibá, Amburana e Carvalho.

Tudo começou com um engenho movido a roda d’água, a cachaça era produzida e distribuída pelas redondezas com ajuda dos tropeiros. Hoje temos muita tecnologia a disposição, mas não largamos a tradição, não esquecemos de nossas origens”

José Santana Junior – Proprietário da Cachaça Guaraciaba

A Cachaça Guaraciaba foi oficialmente lançada em 1965 e lá se vão 54 anos de história em goles e conquistas.

A marca chega em 2019 com um impressionante volume de mais de meio milhão de litro por safra.

Para as comemorações de fim de ano, você poderia ir a uma prateleira e pegar qualquer versão da Guaraciaba, que sua festa estaria garantida.

Mas o pessoal da Fazenda Independência preparou algo especial.

Durante a Expocachaça 2019, José Santana Junior, com muito orgulho apresentou o trabalho feito pelos master blenders da fazenda: a Guaraciaba Extra Premium.

Lançamento: Guaraciaba extra-premium, uma explosão de aromas e sabores a serem conquistados

Ao abrir sua Guaraciaba extra premium, minha primeira recomendação é que você não vá com muita sede ao copo.

Pois ela é  uma bebida para se degustar devagar, apreciando cada lágrima que escorre pelas paredes do copo, antes do primeiro gole.

No aroma logo salta a personalidade dos 42% de volume alcoólico, mas que não são capazes de esconder as notas de mel, baunilha, coco e uma amêndoa muito presente.

Na boca, uma acidez equilibrada e uma apimentadinha bem interessante, com  retrogosto amadeirado, intenso e persistente.

Mas se a escolha for o churrasco, sirva somente quando chegarem os cortes de carnes de caça, como javali ou o carre de cordeiro, não antes…

E você? Ficou curioso pelas notas da Guaraciaba extra premium? Sem problemas .

Entre AGORA neste link e garanta a sua!
👉 www.cachacarianacional.com.br

# MIDDAS CACHAÇA CLÁSSICA

Middas Cachaça Clássica e todo charme dos flocos de ouro

A Cachaça Middas Clássica nasceu de um sonho.

O sonho de deixar o brasileiro cada vez mais apaixonado pela bebida símbolo nacional: a Cachaça!

Mas para o empresário Leandro Dias, ela não podia ser qualquer Cachaça, era preciso ter cores, aromas e sabores do bom gosto e da ousadia.

Leandro não economizou na busca. Da frança trouxe a garrafa, produzida com areias das praias francesas conhecidas pela transparência máxima no produto final.

A intenção era que no primeiro contato visual, o apreciador já tivesse motivo suficiente para se apaixonar pela Cachaça.

E para aumentar ainda mais o toque de sedução, Dias teve a ideia de adicionar ouro à bebida.

Era assim que em 2014 estreava a Middas Clássica, com flocos de ouro 23 quilates, ouro comestível de verdade, importado da Alemanha

Mas isso somente depois de aprovado para o consumo humano pelos mais renomados laboratórios da União Europeia.

Middas Clássica leva todo seu charme para a lista das melhores Cachaças para beber nas festas de fim de ano.

A Middas foi apreciada e premiada pelos maiores juízes e especialistas do mundo. A Middas recebeu medalha em concursos famosos em Nova Iorque, Berlin.

A Middas recebeu ainda medalha de ouro no renomado festival China Wine & Spirits Awards e no famosíssimo Miami Rum Festival, além da medalha de Prata na edição 2016 da Etapa Brasil do Concurso Mundial de Bruxelas.

As premiações consolidaram a bebida como uma Cachaça que agradou em cheio os paladares mais exigentes nos principais concursos de destilados do planeta.

A Middas Clássica pode ser consumida antes de uma boa refeição, seja almoço ou jantar, ou mesmo para acompanhar um prato de entrada, como um canapé ou uma porção leve de torresmo.

Provar a Middas Clássica com gelo ou gelada é outra experiência para se guardar bem na memória.

E se você quiser explorar ainda mais as maravilhas sensoriais da combinação Cachaça Middas e Amendoim do Campo, experimente adicionar a sua Cachaça uma pequena quantidade de água com gás.

Em seu aroma a Middas Clássica tem notas florais e presença discreta da cana-de-açúcar, presença esta amaciada pelo contato com a madeira.

A Cachaça tem toques frutados que vem ao nariz no primeiro contato com o copo, lembrando ao apreciador que o que vem a seguir é uma inesquecível festa sensorial.

E se a sua escolha for fazer um drink, a Middas é a Cachaça perfeita para coquetéis como nossa Caipirinha, que de quebra vai levar o charme dos flocos de ouro.

E são eles que tornam simplesmente incomparável com qualquer outra Cachaça branca para fazer o drink tipicamente brasileiro.

Para dar um toque ainda mais especial experimente adicionar a sua caipirinha outras frutas, como abacaxi, kiwi ou carambola.

Middas Cachaça Clássica – Faça você mesmo seu próprio toque de ouro

E você? Está pronto para viver esta experiência?

Então clique AGORA neste link e garanta sua experiência!
👉 www.middascachaca.com.br

# CACHAÇARIA TRILHA REAL

E onde você vai comprar as melhores Cachaças para as suas festas de fim de ano?

Na Cachaçaria Trilha Real!

Isso mesmo, a Trilha Real é uma das Cachaçarias mais completas do Brasil.

E veja porque ela é assim:

A Cachaçaria que tem verdadeira paixão por acolher você!

Se a Trilha Real não tivesse um slogam, nós do Brasil no Copo definiríamos este para ela.

E nós não estaríamos sozinhos neste pensamento, pois basta ver o que aconteceu na Edição da ExpoCachaça 2019.

Não viu?

Eu conto então: uma verdadeira reedição do que aconteceu em 2018 e em todos os anos em que o Casal Enaldo e Ariane se dispuseram a montar um estande na Expocachaça

O local rapidamente virou ponto de encontro.

Na verdade a Trilha Real nem sequer parece uma Cachaçaria, e sim um lugar onde receber amigos é a especialidade da casa.

Os amigos se tornam clientes, então acaba sendo a nossa paixão receber cada um deles de volta

Enaldo Lopes – Proprietário da Cachaçaria Trilha Real

A loja tem está fixada em dois locais: Belo Horizonte e Nova lima, na região metropolitana da capital mineira.

Em qualquer um dos dois endereços,  a Trilha Real é parada obrigatória para quem gosta de uma boa Cachaça e de um papo agradável.

A segunda parte da oferta fica a cargo de Enaldo e Ariane Guimarães (esposa de Enaldo e sócia da Cachaçaria), o casal simpatia da Cachaça brasileira.

Enaldo é médico de formação.

E curiosamente, a loja começou a ser planejada quando o doutor Enaldo praticamente não tinha mais lugar onde depositar as garrafas de seus pacientes.

O empresário conta ainda que a Cachaçaria tem o DNA de receber pessoas.

É difícil você ir a um bar e o garçom conhecer a Cachaça que ele está servindo, então resolvemos ter um lugar onde a gente possa fazer isso pelo consumidor, contar a ele todas as maravilhas que cercam esta bebida

Enaldo Lopes – Proprietário da Cachaçaria Trilha Real

A fama de boa recepção logo correu os quatro cantos de Minas Gerais e quase toda cadeia da Cachaça já inclui a Trilha Real nos planejamentos de lançamento de novos rótulos, ou simplesmente um evento de degustação para receber amigos.

Tem sido assim com os eventos da Confraria Mineira da Cachaça – Confala ou grandes marcas brasileiras de Cachaça, que já descobriram a vocação da Trilha Real.

Cuidar bem da clientela é artigo básico tanto na loja de Nova Lima, quanto na unidade de Belo Horizonte, desde a inauguração em dezembro de 2017.

Seu Sebastião é agrônomo e sempre foi apaixonado pela Cachaça, um grande ativista sem dúvida. 

Enaldo Lopes – Proprietário da Cachaçaria Trilha Real

E para quem como nós, ama de paixão o casal mágico da Cachaça, uma excelente notícia.

O ano de 2020 promete surpresas na linha do crescimento. Ficou curioso, né?

Por enquanto entre no link e se apaixone você também pela Cachaçaria mais charmosa do Brasil.

👉 https://www.facebook.com/trilharealoficial/

Gostou do Post? Já escolheu as suas Cachaças?

Então compartilhe com seus amigos😉