Os 7 hábitos que vão fazer de você um “ninja” na arte de apreciar Cachaça

Tempo de leitura: 4 minutos

 Frequentemente me perguntam como se tornar um apreciador das melhores Cachaças de alambique, qual a melhor Cachaça mineira, elas realmente são as melhores cachaças brasileiras? É possível dominar a arte da apreciação, sem necessariamente comprar uma bebida de alguém que está interessado somente na venda de Cachaça? Nossas respostas sempre acabam em um sonoro: “você precisa aprender tudo sobre o fantástico universo da Cachaça”. Como as perguntas são muitas e nos chegam por todas as partes, seja por nossa fanpage do Fórmula da Cachaça no Facebook, nos comentários do Brasil no Copo ou mesmo por e-mail, resolvemos postar aqui os 7 hábitos que vão fazer de você um “ninja” na arte de apreciar Cachaça. Vamos a eles!

1 – Aprenda a conhecer os rótulos

A Cachaça é produzida em praticamente todos os estados do Brasil. Pode ser comprada em sites especializados ou em loja física. Mas se tem um hábito que vai te deixar ninja na arte de comprar e apreciar Cachaça é a leitura dos rótulos. Há informações fundamentais no rótulo que vão determinar o quanto pagar e o que levar para casa. Veja no vídeo abaixo, o que levar em consideração:

2 – Blogs, sites especializados e canais de informação: fundamentais…

Este é um hábito que você deve adotar agora! Se inscrever em canais especializados e seguir blogs e páginas que criam conteúdos diários sobre Cachaça. Em nossas redes sociais, respondemos diariamente às dúvidas de nossos leitores e seguidores. Acredite, o editor destas páginas ficará sempre muito feliz em responder as suas perguntas e as de outros seguidores. As respostas serão sempre uma forma de aprender um pouco mais sobre o fantástico universo da Cachaça.

3 – Visitar feiras e exposições. Programe-se para ver o máximo que puder!

Há pelo menos dois benefícios em adotar este hábito. Primeiro você vai aumentar sua área de network. Depois, você pode encontrar preços especiais, além de provar Cachaças em madeiras diferentes. Vale a pena se programar. Abaixo, deixamos um roteiro com as principais feiras e exposições de nossa Cachaça:

 4 – Faça Cursos… Eles são cada vez mais acessíveis

Houve um tempo em que São Paulo e Rio de Janeiro abrigavam os maiores especialistas e gente de todo país teria que viajar e gastar muito dinheiro para aprender a apreciar Cachaça. O crescimento da comunicação nas redes sociais diminuiu esta distância. Pioneiro no mercado de aprendizado por meio da internet o Fórmula da Cachaça já formou dezenas de apreciadores e já trabalha com fila de espera para a abertura de novas turmas. Adotar este hábito é fazer parte da revolução que pretende ensinar um milhão de pessoas a consumirem melhor a nossa Cachaça.

5 – Frequentar eventos, um hábito bem prazeroso

O crescimento da presença da Cachaça entre chefs renomados e bares e restaurantes badalados, faz com que as marcas se movimentem para fazer de  lançamentos de novos rótulos, verdadeiros eventos, onde conhecimentos são passados. Há eventos como as reuniões abertas da Confraria Paulista da Cachaça, onde é possível se provar diversos rótulos de Cachaça por apenas R$ 40,00 e o frequentador ainda pode comprar Cachaças com descontos pra lá de generosos. Frequentar os cursos online vai fazer de você um especialista e a chance de entrar numa lista VIP dos lançamentos, certamente vai aumentar, já que sua opinião será fundamental para os produtores.

6 – Leia livros. Você pode pagar por eles ou baixa-los gratuitamente

Os livros sobre Cachaça podem te ajudar a entender e a conhecer as maravilhas do universo da nossa branquinha (ou amarelinha). Eles são cada vez mais simplificados e em muitos casos você nem precisa percorrer prateleiras de livrarias em busca de um bom material. Pode baixá-los na internet mesmo, ou recebê-los em seu e-mail. É, sem sombra de dúvida o hábito que vai te abrir as portas para todos os outros.

7 – Prove, prove e prove…Isso vai fazer de você um ninja!!!

Isso mesmo! Este é sem dúvida o maior de todos os hábitos: a sua própria maneira de identificar o que é bom e não voltar a comprar o que é ruim. Provar Cachaça é colocar em prática toda teoria passada até aqui. Claro, não vamos deixar você só (jamais). No vídeo abaixo separamos algumas dicas que, ao segui-las, você certamente será conhecido entre seus amigos, como o grande ninja da Cachaça. Veja e divirta-se!