Descubra a poção mágica que virou a bebida de todos os reis!

Descubra a poção mágica que virou a bebida de todos os reis!

Tempo de leitura: 8 minutos

Alerta: o que você vai ler aqui terá o poder de transportar você para o fascinante mundo dos reis e rainhas, que usaram e usam até hoje esta bebida para desfrutar dos prazeres da vida.

Alerta 2 (mais importante): você aprenderá a fazer esta iguaria e também vai beber como se fosse um rei ou uma rainha!

Se você já provou ou é um apreciador desta bebida, provavelmente já sabe do que estamos falando.

Se ainda não provou ou nao é apreciador, não tem problema, ao terminar de ler isso, você terá seu diploma de nobreza!

Agora prepare-se porque você está prestes a descobrir o Licor.

Sim, o licor, bebida criada em um ambiente cercado de mistérios, mas que sempre representou o requinte de quem consome.

E antes de te revelar como você poderá produzir suas próprias receitas, vamos te revelar aqui a origem do licor!

Uma das versões é a lenda da jovem desprezada pelo grande amor de sua vida, que tentava reconquista-lo a qualquer modo.

Aprenda a fazer em casa a Cachaça do seu licor especial

Como fazer em casa a Cachaça do seu licor especial

Origem do licor é cercada de lendas e histórias

Uma delas foi preparar uma mistura alcoólica com ervas finas e afrodisíacas.

Quem conta a lenda não sabe ao certo se a moça conquistou o amado, mas que deixou uma bebida espetacular para a humanidade, não há dúvida.

Outra versão dá conta de que as bruxas teriam criado o licor para manterem jovens e belas para sempre.

Daí talvez a origem de “poção mágica”, como uma das atribuições de uma das bebidas mais produzidas no planeta.

Saindo do campo das lendas e buscando as origens mais prováveis do licor, chegamos aos religiosos dos séculos XIII e XIV, que teriam feito a mistura alcoólica para aliviar a carga dos trabalhos pesados dos mosteiros.

Então a poção mágica nasceu na Itália e cresceu na França?

Sim, a invenção do licor é mais fortemente atribuída às andanças de Catarina de Médice pelas cidades italianas de Florença, Veneza e Turim.

A rainha do Consorte Francês entre os anos de 1547 e 1559 teria levado aos franceses o conhecimento e o hábito do consumo do licor aos franceses.

E a Rainha Elizabeth adora uma poção mágica

Biógrafos e pessoas que convivem com Elizabeth II, do Reino Unido, afirmam que ela adora um licor.

Entre os quatro drinks que toma por dia, ela não dispensaria um feito com o famoso Dubonnet, feito a base de vinho e raízes.

Fato é que, séculos e séculos se passaram e a bebida ganhou novos sabores, aspectos e legislações e adeptos nas cortes e entre os súditos também.

Mas jamais perdeu o charme de ser considerada a “poção mágica”, capaz de promover as mais incríveis transformações.

Veja o que diz a legislação brasileira sobre o licor

No Brasil a bebida é regulamentada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, através do Decreto 6.871.

O decreto define Licor como a bebida com graduação alcoólica de 15 a 54% de volume alcoólico, com um percentual de açúcar superior a 30 gramas por litro.

Por estilo um licor pode ser:

Seco: bebida que contém mais de 30 e no máximo 100 gramas de açúcar por litro.

Fino ou doce: com mais de 100 e no máximo 350 gramas

Creme: pode conter mais de 350 gramas de açúcar por litro

Triple sec ou extra seco: licor preparado por destilação de cascas de frutas cítricas com adição ou não de aromatizantes ou saborizantes (no caso do triple sec você determina a quantidade de açucar)

Há outras categorias, que vamos abordar aqui no blog, mas se você dominar estas quatro já terá dado um grande passo para dominar a arte de produzir a sua próporia “poção mágica”.

Mas por que você deveria aprender a fazer a poção mágica que virou a bebida dos reis?

Nós poderíamos ficar aqui falando por algumas horas te dando alguns motivos para que você aprenda a fazer o seu próprio licor.

Mas relacionamos aqui pelo menos cinco motivos e acredite: são o suficientes para você aprender e começar a fazer agora!

# 1 – Pode virar um bom negócio

Sabe aquela hora que você está procurando alguma coisa diferente para fazer, seja para mudar seu estilo de vida ou para ter uma renda extra?

Pois é, neste momento você poderá se basear no exemplo do empresário Martin Braunholz, que criou a micro destilaria Hof, em Serra Negra, no interio de São Paulo.

Na pequena fábrica, além de bebidas destiladas, o empresário produz receitas exclusivas de licor.

O negócio deu tão certo que o cara foi parar nas páginas da revista Pequenas empresa Grandes Negócios


O plano é que o negócio fature cerca de 100 mil reais quando estiver produzindo o máximo de sua capacidade. “A gente pegou receitas antigas e chegou a uma linha que ninguém tem. A produção é pequena, tenho capacidade de fazer 1200 litros por mês. Hoje, a gente produz e vende 150 litros por mês. Temos um cuidado especial de fazer produto de altíssima qualidade. Somos uma destilaria pequena e pretendemos manter isso, lançando mais um ou dois produtos, mas tudo com muita calma

Martin Braunholz

Nós também fizemos um bom post sobre isso, que pode te inspirar neste caso.

Com o título: Como ganhar um dinheiro extra fazendo licor em casa – Guia completo, a matéria é uma das mais buscadas no Google!

# 2 – Tenha um hobby, compartilhe e faça amigos no mundo inteiro

Imagine você se comunicando com pessoas no mundo inteiro, compartilhando um sentimento em comum.

Sim, isso pode acontecer com você.

Cada vez mais, grupos estão se formando e trocando informações sobre o que mais gostam de fazer.

Esta reportagem do jornal Correio 24 horas, mostra grupos de amigos que se fortaleceram por conta da prática do Hobby.

Imagine você fazendo o seu Licor aqui no Brasil e podendo trocar receitas com pessoas do mundo inteiro, através das redes sociais.

Isso é ou não é sensacional?

# 3 – Ter um Hobby te ajuda até a resolver problemas de saúde

Recentemente a neurocientista Carla Tieppo, que é Doutora em Ciências, formada pela Universidade de São Paulo, falou sobre Hobby e Saúde ao programa Bem Estar da Rede Globo.

Ela lembrou que praticar um hobby vai ajudar a desenvolver áreas motoras no cérebro, o que desencadeia uma série de benefícios para a saúde e para seu bem estar.

# 4 – Você terá uma bebida exclusiva

Sabe aquele dia que você quer tomar um licor especial e corre para o supermercado ou mesmo para a internet?

A chance de você encontrar as mesmas bebidas de sempre são de quase 100%

Isso não aconteceria se você tivesse uma lista de receitas exclusivas e pudesse fazer as suas próprias misturas, usando a base que você quisesse.

Imagine quanto sucesso você faria ao oferecer aos seus amigos uma bebida que só você tem e que só você sabe como fazer?

Demais, né?

# 5 – Você poderá fazer as receitas dos licores caros e famosos

Você sabe quanto custa um bom Triple-Sec?

Sim, aquele licor famoso, feito com a casca da laranja e usado nos drinks mais caros e renomados do planeta, ele mesmo!

E o Curaçao Blue, aquele usado para fazer a Margarita, outro drink também caro e famoso?

Eles custam uma fortuna e para piorar, quase sempre são encontrados na forma industrializada.

Imagine como seria bom poder fazer os seus e ainda arrasar em qualquer festa?

Sim, você saberá!

Gostou do que leu até aqui? Calma, estamos só no começo!

Eu não poderia encerrar este post sem antes te deixar uma receita para você começar a montar a sua coleção de poçoes mágicas!

Aprenda agora como fazer o delicioso licor de casca de abacaxi!

Ingredientes

  • Casca de dois abacaxis
  • 1 quilo de açúcar refinado
  • 2 litros de Cachaça branca (de alambique)

Como fazer

1°  Em um recipiente de vidro hermético (aquele que você consegue vedar facilmente) coloque as cascas de abacaxi.

2° Adicione um quilo de açúcar e dois litros de Cachaça branca de alambique.

3° Guarde a mistura em um local seco e protegido da luz.

4° Agite vagarosamente a mistura duas vezes ao dia durante 15 dias

5° Após 15 dias abra o recipiente e coe a mistura com uma peneira fina

6° Pronto! Agora você já pode colocar o seu licor na geladeira, em um recipiente bem fechado, o que te assegurar a conservação da bebida. Divirta-se!

Dica: para evitar a formação de “pedras de açúcar” coloque duas colheres (sopa) de gligose de milho.

Que tal aprender a fazer em casa a Cachaça do seu licor?

Isso mesmo, clique neste link e veja como fazer em sua casa a Cachaça do seu licor!

E isso vai melhorar ainda mais o seu Hobby

A Escola da Cachaça vai te dar uma aula grátis sobre isso!

Entre no link e divirta-se!

A gente se vê no próximo Post, um brinde e até lá!