Tudo que você precisa saber sobre o Gin – Guia completo!

Tempo de leitura: 6 minutos

O que você precisa saber sobre Gin…

Melhor ainda: o que você deveria saber agora sobre o gin?

Talvez você ainda não saiba, mas o Gin é uma das bebidas que mais crescem e aparecem nos bares, nas lojas especializadas e na lista dos encontros com os amigos.

No ano passado, uma pesquisa encomendada pela Bacardi e pela agência Llorente & Cuenca, apontou que o Gin superou o whisky e a Vodca entre os consumidores da classe A e B.

Muito desta fama deve-se, claro, a drinks como o Gin Tônica, o Negroni e o Dry martini.

O que você precisa saber sobre Gin – O guia completo.

E você já reparou quanto custa um gin tônica nos bares mais badalados de Sāo Paulo?

Em algus casos os preços podes chegar a R$ 50 reais.

E a realidade fora do sudeste nāo é tão diferente.

Você pode fazer o seu próprio Gin em casa, de um modo fácil rápido e profissional.

Sim, esta é a boa noticia.

Além de aprender a fazer drinks incríveis, você vai aprender a fazer a bebida dos seus coquetetpeis.

E vai fazer muito mais do que o gin!

Mas antes de te ensinar isso tudo, vamos revelar aqui a história do Gin.

No comecinho do século XVII o medico holandês Francisco De La Boe estava em busca de um remédio que pudesse combater com eficiências as crises renais.

Por conter propriedades capazes de combater o mal, o zimbro foi a matéria-base escolhida.

Não deu certo.

Porém alunos da faculdade de Leyden, a 35 km de Amsterdam, testemunhavam o nascimento de uma das bebidas mais populares do planeta.

Embora tenha surgido na Holanda, foram os ingleses quem populariaram a bebida.

Soldados britânicos de volta para casa após batalhas na Holanda levaram o Gim na bagagem e o destilado logo caiu no gosto geral.

Tanto que os ingleses passaram também a produzir e hoje os gins ingleses são considerados os mais famosos do mundo.

A medida em que a bebida ganhava o planeta, principalmente nos tempos das grandes navegações, recebia novos ingredientes e novas infusões de especiarias.

Hoje o Gim está entre os queridinhos de bartenders dos quatro cantos do Globo terrestre.

A graduação alcoólica do Gim varia de acordo com o país de origem. Pode ficar entre 40% e 50%

Apesar de ter a produção iniciada na Holanda, hoje a bebida é feita  em outros países, incluido Brasil, com algumas experiências envolvendo a cana-de-açúcar como fornecedora do álcool base.

O Gin, a exemplo da Vodca não passa por nenhuma madeira.

Porém, principalmente no Brasil, algumas experiências de finalização em tonéis de madeira, como Carvalho e amburana, vêm agradando aos amantes da bebida.

Como vimos, o Gin não tem uma pátria definida, como o Cognac, o Tequila, o Champagne e a nossa Cachaça.

O Gin pode ser feito em qualquer lugar onde possa se encontrar o zimbro, especiaria obrigatória da bebida.

Veja na tabela abaixo os tipos de Gin:

No Brasil, inclusive, cada vez mais produtores investem na destilação do gin.

Recentemente a Cacharia Weber Haus lançou os Gins London Dry Gin WH 48 (Lote Especial Amburana) e Dry Gin WH 48 Orgânico.

A versão descansada em tonéis de amburana faturou a medalha de ouro no Concurso Mundial de Bruxelas 2018.

A mistura de botânicos também chegou em Serra Negra, onde a micro destilaria Hof, produz o Minna Marie”, um London Dry Gin maturado em barricas de carvalho.

E agora vem a parte mais bacana: como fazer o seu próprio Gin em casa!

Uma das bebidas mais populares do planeta pode ser feita em casa.

E você pode estar se perguntando: mas será que isso é pra mim?

Sim, é!

Pra você e para qualquer pessoa que queira se tornar um verdadeiro mestre da destilação em casa.

Veja aqui neste link, como começar a produzir o seu gin, vodca, whisky, rum, aguardente de melado, pisco ou qualquer outro tipo de destilado.

Você será capaz, por exemplo, de produzir o seu próprio Gin Floral.

E agora que você está disposto a fazer o seu próprio Gin, que tal aprender a fazer drinks com ele?

Bom, isso também vai servir mesmo que você queira simplesmente ir ao supermercado ou loja especializada, e comprar o seu próprio gin.

O importante aqui é saber que com as técnicas que você vai aprender, em pouco tempo estará fazendo os seus drinks como se fosse um bartender profissional.

E antes de pegarmos as coqueteleiras e outros instrumentos da barra, que tal sabermos um pouco mais sobre cada drink que vamos tratar aqui?

# Gin Tônica

O mundo dos destilados é sempre muito cercado de lendas e mitos.

Um deles recai diretamente sobre a origem do drink Gin Tônica.

O coquetel teria sido inventado à partir da descoberta do Quinino, que vem árvore Cinchona Pubescens, pelos espanhóis na conquista do Império Inca.

A substância passou a ser usada para combater a febre de soldados, comumente picados por mosquitos.

Tempos depois, os britânicos que já conheciam o Gin, passaram a usar a bebida para diminuir o amargor do quinino.

Daí para nascer o drink, bastou acrescentar o gelo e o limão.

Ingredientes da receita clássica

  • Copo (ou taça) com bastante gelo
  • 50 ml de Gin
  • 120 ml de água tônica
  • twists (parte da casca) de laranja e limão siciliano

Para esta receita você pode acrescentar ainda de quatro a cinco sementes de zimbro e trê gotas de bitter de laranja.

Modo de fazer

Coloque o gelo no copo (ou taça) e mexa com a colher bailarina até gelar bem o copo. Coloque o gin e em seguida a água tônica. Mexa um pouco com a colher bailarina e acrescente os twists de laranja e limão siciliano.

# Dry Martini

Muitas são as versões sobre o nascimento do Dry Martini.

Mas todas apontam para o livro de Jerry Thomas, barman que publicou seus feitos em livros.

Jerry teria improvisado um drink a pedido de um cliente que estava a caminho da Califórnia.

O drink tria ficado tão bom, que foi pago com uma pepita de ouro.

A receita é bem simples!

Veja:

Ingredientes da receita original

  • 50 ml de Gin
  • 50 ml de vermute seco
  • 2 dashes de bitter de laranja
  • Twist da casda de limão siciliano
  • Uma azeitona sem caroço

Modo de fazer

Gele bem uma taça de Dry Martini e dispense o gelo. coloque o gin, acrescente o vermute, dois dashes de bitter de laranja. Acrescente o twist de limão siciliano e finalize com a azeitona.

O Dry Martini é conhecido no mundo inteiro, mas tornou-se ainda mais famoso depois que o espião 007 mostrou ao mundo a sua preferência pelo coquetel.

#Negroni

O Negroni tem origem na cidade italiana de Flocença, no início do século 20.

Deixamos esta história e a receita do Negroni perfeito a cargo do bartender Dr. Drink.

Veja:

Quer aprender agora a fazer qualquer tipo de bebida destilada sem sair de sua casa?

Então entre agora neste link e divirta-se!