Qual a melhor Cachaça para envelhecer no seu barril?

Qual a melhor Cachaça para envelhecer no seu barril?

Tempo de leitura: 4 minutos

Qual a melhor Cachaça para envelhecer no seu barril?

Esta é sem sombra de dúvida uma das perguntas mais feitas para quem está começando a envelhecer Cachaça em casa.

E são muitas perguntas, em todas as nossas redes sociais:


Que tal saber agora, como começar o seu envelhecimento em casa da maneira correta e definitiva?

Ok, mas antes deixa eu te falar que você pode fazer caipirinha com Cachaça envelhecida.

Sim, a Escola da Cachaça acaba de lançar o livro: 100 Receitas de Caipirinhas pra beber antes de morrer.

100 Receitas de Caipirinhas para Beber Antes de Morrer. Adquira o seu por este link: https://escoladacachaca.com.br/100caipirinhas/

Sim, envelhecer Cachaça, ao contrário do que muitos ainda pensam não é simplesmente colocar Cachaça em um barril e deixar lá até que supostamente ela esteja boa para beber.

Se você faz isso é bem possível que em alguma Cachaça você vai acertar, mas a chance de dar errado é sem dúvida, muito maior.

Saiba agora qual a melhor Cachaça pra envelhecer no seu barril

Há pouco tempo eu escrevi aqui este post com 10 dicas para você envelhecer a sua própria Cachaça.

O post é um dos mais lidos do blog e junto com a grande quantidade de leitores vem também uma enxurrada de perguntas.

E a campeã de todas as questões é “Que Cachaça eu devo colocar no meu barril”

Bom, a primeira coisa que você deve saber sobre isso é o que acontece com a Cachaça quando ela entra no seu barril.

Você sabia que a Cachaça evapora dentro do barril?

Independente do tamanho do barril, quando você coloca a bebida dentro dele, imediatamente começa um processo de transformação.

Sua Cachaça perderá álcool, vai haver evaporação do álcool e elementos voláteis também deixarão sua Cachaça, fazendo com que a bebida tenha uma transformação total no perfil sensorial.

E tudo isso vai acontecer graças ação do oxigênio que consegue chegar dentro do seu barril, entrando pelos micro poros da madeira.

Este processo é demorado, mas deve acontecer sobre total vigilância, para que você tenha a melhor Cachaça do mundo trabalhada por você mesmo.

Sim, isso é possível e para isso que estamos aqui.

Seguindo esta linha de raciocício, se a Cachaça vai perder álcool, água e elementos voláteis para que você possa então ter sua bebida “arredondada”, quanto melhor a Cachaça que você colocar dentro do barril, melhor será o resultado final, certo?

Então da próxima vez que você ler em algum lugar a pergunta: qual a melhor Cachaça para envelhecer no seu barril, a resposta é simples: a melhor.

Mas em que momento você deve colocar esta Cachaça dentro do barril?

O que fazer antes de começar o processo de envelhecimento pra valer?

Você vai tratar o seu barril, para que ele possa te dar o melhor resultado.

Bom, se você segue os vídeos publicados na Internet, em algum momento você deve ter lido que antes de colocar uma boa Cachaça para envelhecer, é aconselhado colocar uma de qualidade inferior?

Ora, você seguiu as nossas dicas e comprou o melhor barril.

Não tem cera de abelha nem dentro, nem fora, não é envernizado, pois isso impediria a entrada do oxigênio e seu envelhecimento estaria condenado, entre outras dicas, certo?

Qual a melhor Cachaça para envelhecer no seu barril?

Então, por que você colocaria nele uma Cachaça de qualidade inferior, com intenção de “amaciar o barril”?

Minha dica definitiva: esqueça este mito de uma vez por todas!

Depois de comprar o seu barril em uma boa loja especializada, tudo que você tem que fazer é seguir estes simples passos:

#1 – colocar água dentro dele por 48 horas

Isso vai expandir a madeira, de modo de não haja mais vazamentos.

Este é o único tratamento que você tem que fazer no seu barril, nada de mergulhá-lo na água ou usar parafina ou cera de abelha para evitar vazamentos.

# 2 – Colocar a Cachaça para envelhecer

Nesta etapa, você deve usar Cachaça de alambique, de preferência com graduação alcoólica acima de 44%.

Isso porque, com o tempo, ela vai perder propriedades alcoólicas, embora no caso do envelhecimento caseiro, esta perda seja menor, é sempre bom prevenir.

# 3 – Monitorar a Cachaça

Tenha em mente que quanto menor o barril, mais próxima a madeira ficará de sua Cachaça, o que fará com que a troca entre a madeira e a Cachaça, ocorra de uma forma mais intensa.

Ou seja, em pouco tempo, você já terá uma Cachaça mais amarela e com perfil sensorial diferenciado.

Minha recomendação é que uma vez por semana você retire uma pequena mostra do barril, prove e reserve para fazer comparativos com as próximas mostras.

Bom, seguindo estas dicas você já está dando o primeiro passo para ter sua própria Cachaça envelhecida, apreciar em casa ou levar para o churrasco dos amigos!