Sanhaçu se torna Cachaça de alambique sustentável e premiada

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

sanhacu

A Cachaça Sanhaçu, de Chã Grande, no estado de Pernambuco acaba de se tornar o orgulho brasileiro quando o assunto em questão é a sustentabilidade. A bebida foi a única Cachaça de Alambique a figurar entre onze projetos sustentáveis eleitos para compor o Guia 2016 editado pelo Centro de Estudos de Sustentabilidade da Faculdade Getúlio Vargas. O prêmio foi entregue em São Paulo, nesta quarta-feira, 07 de dezembro. Os irmãos Oto e Max Barreto representaram a família empreendedora pernambucana na recepção da comenda. Os projetos apresentados deram destaque à capacidade de usar a criatividade em busca de projetos que gerem empregos respeitando o meio ambiente. A Sanhaçu ganhou a atenção dos especialistas do setor ao se tornar o primeiro alambique do país a implantar placas de captação de energia solar. energia é entregue para a Companhia Energética de Pernambuco, que em contrapartida isenta o alambique do pagamento  da conta de luz. O benefício se estende ainda à algumas casas do entorno do engenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *