Mercado da Cachaça: Weber Haus lança incrível blend de 7 madeiras

Tempo de leitura: 1 minuto

Sete madeiras e um segredo! Assim poderia ser denominada a novidade de Ivoti, onde se produz a Cachaça Weber Haus. Recebemos a Cachaça blendada com ajuda de Jean Ponce, que se notabilizou por criar iguarias para se beber no DOM e hoje voa por conta própria no Guarita, um simpático, bem aconchegante e de clima intimista no bairro de Pinheiros, zona Oeste de São PauloA 7 Madeiras, como já é chamada a mais nova integrante do mix de Cachaças de Evandro Weber, chega para disputar um mercado de Cachaças premiuns e refinadas, com o diferencial de ter numa única garrafa a festa sensorial de madeiras “diferentonas”. No rótulo pouca diferença. O design segue a linha de muito bom gosto já característica da linha da Weber Haus. A garrafa adota o jateado, que por sinal, da a veste de gala para um resultado tão nobre.

Ficha técnica

7 Madeiras
Origem: Ivoti/RS
Volume alcoólico: 38%

Madeiras: A Cachaça é um blend de 7 madeiras: Bálsamo, Carvalho Francês, Carvalho Americano, Grápia, Cabriuva, Amburana e Canela Sassafrás


Impressão do Sommelier: Cachaça extremamente leve, macia, de aroma e sabor bem adocicados, mas apesar das sete madeiras, quem “conversa mais com o oltato e paladar é a potente Canela Sassafrás. Quase nenhuma acidez, pouca ardência e bem aveludada. Típica Cachaça para encerrar um almoço ou jantar. Mas se a preferência for para harmonizar com um charuto de corpo leve, vai muito bem.
Curiosidade: um teste que fizemos e sugerimos a experiência. Botamos a Cachaça no freezer para ver como ela se comporta em baixa temperatura. A licorosidade tirou um pouco da potência da Canela Sassafrás e a 7 Madeiras passou a ser uma interessante companhia para uma sobremesa. Ao voltar a temperatura normal, senti um aroma de chocolate branco.