5 Cachaças de alambique para combinar com chocolate

5 Cachaças de alambique para combinar com chocolate

Tempo de leitura: 4 minutos

A chegada da Páscoa já colocou no mercado uma série de ofertas de chocolates variados.

Cada vez mais as empresas descobrem o gosto e a criatividade do brasileiro para encontrar a melhor forma de consumir um bom chocolate.

E a qualidade, claro, aumenta, aumentando também as possibilidades de melhora na experiência de consumir um bom chocolate. Você, por exemplo, já pensou em comer chocolate saboreando uma boa Cachaça?

#Se não tinha pensado não pare de ler

Se você ainda não havia pensado nisso, mas ficou com água na boca só de pensar nas duas iguarias juntas, este post vai te surpreender e mudar para sempre a sua forma de consumir os dois.

Veja no livro: Os Segredos da Cachaça, como harmonizar Cachaça com chocolate e outras iguarias:

Em nossa jornada, estamos constantemente mostrando que a harmonização entre o que se come e o que se bebe pode ser uma ótima experiência para juntar amigos em volta de uma mesa, principalmente quando esta experiência envolve a nossa Cachaça.

No post Oito ideias para harmonizar Comida e Cachaça, nós mostramos combinações que causaram um grande impacto e muitos leitores escreveram sugerindo novas ideias.

E foi exatamente a chegada da Páscoa que nos motivou a escrever sobre as sugestões envolvendo o chocolate.

Se você já fez esta combinação, sua experiência vai melhorar e se ainda não fez, prepare-se, porque sua Páscoa nunca mais será a mesma.

A primeira coisa a fazer é dizer que como a Cachaça, o chocolate também precisa ser consumido com moderação e lembre-se: a oferta vai aumentar, então caberá a você, moderar este consumo.

#E como combinar Chocolate e Cachaça de Alambique?

Separamos aqui 5 Cachaças que talvez você ainda não conheça, mas que vão, com certeza, melhorar e muito a sua experiência e transformar sua forma de receber amigos nesta Páscoa. Vamos a eles:

# Cachaça Nobre

Produzida na Zona Rural de Sobrado, na Paraíba, a Cachaça Nobre acaba de receber a medalha de Prata no Festival de Bruxelas, ocorrido em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

A Nobre não passa por madeira, apenas descansa em tonéis de aço inoxidável. Tem aroma, com boa presença de cana-de-açúcar, lembrando o açúcar mascavo e acidez equilibrada. Retrogosto adocicado e agradável.

Para, que tem 42% de volume alcoólico, usamos o chocolate ao leite, por conter menos cacau, mais gordura e açúcar, por isso harmonizamos por contraste.

 # Gavena amendoim

Uma das melhores Cachaças armazenadas em tonéis da madeira amendoim do campo que já tive a oportunidade de provar. Produzida em Itupeva, no interior de São Paulo, a Gavena foi lançada recentemente por Edson Pinto, empresário e empreendedor, que mostra que não está para brincadeira.

A madeira não transfere cor para a Cachaça e baixa uma eventual acidez. O aroma lembra frutas cítricas um leve adocicado e uma adstringência que deixa a cachaça bem interessante.

Para ela usamos o chocolate meio amargo, por ser um intermédio entre o ao leite e o amargo, pedindo uma Cachaça mais leve.

#Middas Reserva (segundo lote)

Não vamos querer matar você de inveja, mas provamos a Middas Reserva, segundo lote.

Serão apenas mil garrafas de um blend que vai Cachaça envelhecida nas Madeiras Carvalho Francês e Americano de primeiro uso e um toque de amburana para arredondar.

No aroma, coco intenso, baunilha e especiarias. Na boca um aveludado ímpar e no retrogosto o adocicado da amburana ajuda a completar a festa sensorial, com notas intensas de madeira que persistem por um longo período.

Para esta iguaria usamos o chocolate meio amargo, por ser um meio termo entre o doce do ao leite e o mais intenso do amargor, uma harmonia perfeita.

#Cachaça Authoral

Produzida em Brasília, a Authoral é um blend de Cachaça envelhecida em barris das madeiras  carvalho francês, carvalho americano, bálsamo e amburana.

Tem 40% de volume alcoólico com corpo intenso, aromas de amêndoas, baunilha e caramelo, com retrogosto persistente e adocicado.

Cachaça perfeita para harmonizar com o chocolate composto com nozes, avelã ou frutas seca, por conta da semelhança entre os sabores.

#Cachaça Melicana

Produzida em Bom Despacho (MG), a Melicana é armazenada por dois anos em tonéis da madeira Castanheira. Tem volume alcoólico de 40%.

Tem uma leve pungência que imprime na Cachaça uma personalidade ímpar. No retrogosto um leve adocicado e um sabor prolongado de madeira. 

As características da Melicana pedem um chocolate mais gorduroso e adocicado, neste caso, o branco é sua melhor opção.

#Se divertiu? Quer mais?

Adquira já o e-book OS SEGREDOS da Cachaça e aprenda ainda mais sobre nossa branquinha ou amarelinha. Um brinde!

Compartilhe com seus amigos😉